Matemática
ideraldo
2

Marcelo Pires tem nove anos e frequenta o 3º ano numa escola pública estadual, no Paraná. De acordo com a mãe de Marcelo, a causa da surdez foi uma otite que ele teve aos 6 meses de idade, o que causou perda auditiva bilateral. A comunicação utilizada entre os pais e a criança é através de gestos e mímicas, pois tanto os pais quanto Marcelo desconhecem Libras (Língua Brasileira de Sinais). Na escola, também se comunica com os colegas e professoras por gestos, escrita e desenho. As professoras comentam a falha em sua formação inicial por não terem tido a inserção de Libras. No entanto, relatam que a sobrecarga de trabalho e a falta de tempo impossibilitam esta formação continuada. Quanto aos relacionamentos, apesar de Marcelo não saber o nome de seus colegas, na hora do recreio, interage com eles, correndo e pulando. Ao soar o sinal de término do intervalo, dirige-se à fila no pátio, observando e seguindo seus colegas. Marcelo gosta de jogos (quebra-cabeça, memória), atividades artísticas e jogos de computador. Apresenta resistência em fazer as atividades de escrita no caderno. Revelou que não gosta das aulas de Português porque é difícil para ele. Quanto à dinâmica na sala de aula, a professora de Marcelo dirige-se poucas vezes a ele e nas atividades não demonstra preocupação com os diferentes estilos e ritmos de aprendizagem da classe e interação entre os alunos. A distribuição das carteiras na sala de aula segue o padrão “um atrás do outro”, sendo que a organização do trabalho da professora, na maioria das vezes, é de atividades individuais das quais Marcelo necessita, frequentemente, levar para casa para terminar. Diante das dificuldades, a professora de Marcelo relata que “não estou preparada para a inclusão de surdos”. QUESTÃO ORIENTADORA A partir do estudo de caso e do artigo A formação de professores para a educação inclusiva dos alunos surdos, responda, de forma sucinta, à seguinte questão: Em relação ao questionamento realizado aos professores participantes da pesquisa de Leite (2015) sobre as dificuldades em relação ao seu fazer pedagógico em sala de aula inclusiva, quais foram os 3 entraves apresentados?

+0
(1) Respostas
LaryssaEvelyn

A inclusão dos alunos Surdos nas escolas regulares da rede pública de educação deve ser vista como um novo paradigma. As marcas de domínio de uma língua sobre a outra devem ser eliminadas, a partir do momento em que TODOS os envolvidos nesse processo tenham consciência do RESPEITO ÀS DIFERENÇAS, principalmente as linguísticas, buscando através de um trabalho conjunto entre profissionais Surdos e ouvintes, uma prática com novas atitudes e novas concepções sobre EDUCAR e 

Adicionar resposta